Já comentamos anteriormente que o comportamento do consumidor mudou e, com isso, também a forma de fazer marketing nas empresas. Os canais de mídia tradicionais e invasivos, que interrompem o público a todo momento em meio às programações, além de não apresentarem mais tanta eficiência, passaram a não ser bem recebidos pelos consumidores.

Antes da internet, o consumidor não possuía o total controle sobre as informações recebidas, por isso dizer que a publicidade tradicional interrompe o processo de comunicação.

Depois internet, o controle do consumidor sobre os canais é total. Ele pode escolher o que deseja ler, observar ou assistir, entre milhões de sites na internet, canais no YouTube e fanpages no Facebook. Significa que o usuário pode se incomodar com o que recebe de forma agressiva, desconfiando e questionando. Algo que anteriormente, não era praticado pela “falta de poder”.

Por isso surge a importância de se trabalhar com planejamentos estratégicos inteligentes e com ações de alta performance e aqui que entra o Inbound Marketing que serve como um imã para atrair clientes através de conteúdos relevantes.

O Inbound Marketing é uma estratégia que busca atrair o consumidor, fornecendo conteúdo útil: ajudar no lugar de vender.

Entendendo a metodologia Inbound Marketing, o marketing de permissão.

A metodologia do Inbound Marketing pode ser dividido em 5 etapas principais:

  1. Atrair tráfego;
  2. Converter visitantes em leads;
  3. Converter leads em vendas;
  4. Fidelizar os clientes;
  5. Encantar seus clientes e transformá-­los em promotores;

Quando produzimos e entregamos o conteúdo certo, no momento e no local correto, as pessoas absorvem melhor a informações e ficam mais propensas a interagir. Através do Inbound Marketing, as marcas são encontradas mais facilmente na internet e os consumidores direcionados aos sites, através da geração de conteúdos que agreguem valor.

Para trabalhar com a estratégia de Inbound Marketing, deve­se levar em consideração os seguintes passos:

Conteúdo – É necessário produzir conteúdo de qualidade para pessoas certas. Fazer uma pesquisa para definir as personas, o público que comprará de você é muito importante, bem como também saber qual o tipo de conteúdo ela absorverá melhor.

Jornada de Compra – Para fazer que visitantes se tornem clientes ativos, entender cada fase do processo é essencial. Nessa etapa entra o conhecido funil de conversão, uma espécie de passo a passo até a venda.

Personalização – Quanto mais se conhece os leads, mais dinâmico se torna o processo. Estar atento as deixas de lançar conteúdo é um grande diferencial para quem deseja trabalhar com Inbound Marketing. Busque sempre personalizar suas publicações e lançamentos.

Estratégia em Multicanais – A comunicação com os leads pode fluir de diversos canais, por isso estude onde eles estão. Obtenha informações, tipo: se ficam muito tempo no Facebook, ou fazem mais pesquisas no Google, se leem posts a seu respeito, etc.

Interação – Para fechar o clico, a interação deve ser precisa. Todo conteúdo lançado deve ser medido e mensurado com cuidado, para que a estratégia seja, de fato, eficiente.

Dados que comprovam a eficiência do Inbound Marketing

1. Cerca de 80% das pessoas fazem busca online. Isso mostra a importância e a demanda de um bom marketing digital.

2. O Inbound Marketing possui custo de 62% a menos por lead do que o marketing tradicional, o que ajuda a viabilizar ainda mais a verba do cliente.

3. 92% dos profissionais de marketing dos EUA acreditam que, se considerarmos a economia atual, o Inbound Marketing é essencial para as empresas.

4. Empresas que utilizam blogs com conteúdo relevante conquistam 55% a mais de tráfego, aumentando assim a quantidade de pessoas que se relacionarão de alguma forma com a marca.

5. Uma média de 70% dos internautas clicam em links que resultam de busca orgânica, e não em anúncios pagos, mostrando assim a importância da atividade de SEO para que haja um bom posicionamento de uma empresa e/ou produto na internet.

6. A relação criada com o visitante faz com que ele se torne um promotor da marca, pois percebendo a qualidade do conteúdo e do serviço, ele promoverá aquela empresa/produto graças a uma questão de afinidade e confiança.

7. Empresas relatam que cerca de 57% dos contatos de cliente adquiridos vieram graças aos blogs.

8. A presença da empresa nas redes sociais é essencial. [e m]66%[/em]dos gerentes de marketing concordam que o blog é importante para a empresa. Além disso, dos gerentes de marketing afirmam que a presença da empresa no Facebook é fundamental.

9. O Budget das empresas em investimento em blogs dobrou nos últimos 2 anos e a tendência é que esse investimento aumente ainda mais.

10. O Inbound Marketing é mais preciso: ele permite identificar com mais facilidade quem está interessado na sua empresa, produto e conteúdo, quem é seu público alvo e como atingí-lo graças ao contato que é realizado, inicialmente, de forma espontânea. Por não atingir massas, o Inbound se destaca pela precisão.

O Inbound Marketing se tornará imprescindível em pouco tempo, pois a evolução da sociedade tem mostrado cada vez mais que é necessário falar diretamente com o cliente, atraindo as pessoas certas para a marca e/ou produto certo, na hora certa.

Em vez de distrair e interromper, entenda como atrair e reter seus clientes com Inbound Marketing neste eBook gratuito!.